Dicionário de marketing para designers

Esse post é principalmente voltado aos novos designers, que estão entrando agora no mercado. Claro que os mais experientes também podem atualizar seus conhecimentos com os termos utilizados pelo seu chefe/cliente marketeiro. Vamos a eles:

Benchmarking

É o projeto que você tem que olhar, decorar e executar igualzinho pra fazer o seu.

Budget

É basicamente a grana que eles não tem para te pagar. Se te falarem que é limitado, senta e espera. Sua conta bancária vai demorar pra ver a cor desse dinheiro.

Commitment

Geralmente aparece na frase “Espero que todos tenham commitment nesse projeto”. Basicamente significa que você vai virar noites na agência até o deadline (abaixo).

Deadline

É a data que você vai poder voltar pra sua casa, desde o dia que ouviu “commitment” pela última vez.

Ideia inovadora

É pra você fazer algo que ninguém nunca fez nem pensou, num tempo menor que as equipes cinco vezes maiores que a sua fariam.

Layout vendedor

É utlizado para culpar o pobre designer pelo fracasso do projeto (geralmente bem ruim), por exemplo “O projeto está perfeito, o layout que não é vendedor o suficiente”

Pensar fora da caixa

É parecido com ideia inovadora (acima), só que você pega 30 benchmarkings e mistura tudo numa coisa só.

Stakeholder

É o grupo de pessoas que vai ganhar os méritos pelo projeto que você fez.

Target

É o objetivo do projeto, pra que ele é feito. Caso você erre, é bem provável que o target que seu cliente quer pra você seja o olho da rua.

Viral

Fazer algo viral significa que você tem que ter uma ideia inovadora ou que você pensou fora da caixa (ambos acima) e que todos os consumidores do mundo cismem de enviá-la (em formato de projeto) para todos os amigos do Facebook, Twitter, Orkut, Google Talk e MSN, várias vezes por dia.

Alguém sabe mais alguma? Pode deixar nos comentários, por favor! 🙂