Designices

Comerciais vintage são sempre interessantes. Curioso perceber as peculiaridades da falta de recurso pra fazer uma “macro”, da ausência de trilha sonora, de crianças correndo e dando cambalhotas mortais na cozinha pra mostrar a vitalidade que o produto supostamente entrega. No lugar de tudo isso tem uma moça apresentando, se deliciando com os cereais matinais e rapidamente interagindo com a voz em off. Fora as referências visuais da embalagem, da roupa, dos móveis e do ritmo do comercial. Interessante também é notar as imperfeições da caixa, como é uma caixa de verdade quando compramos, e não necessidade da perfeição utópica de tudo que vemos hoje anunciado.

Aí vieram os anos 1960, as agências de publicidade “faca na caveira” e acabaram com tudo…

Os vídeos desses comerciais foram encontrados no site www.archive.org, com conteúdo de domínio público.

Aí vai uma lista com algumas das ferramentas e sites que eu uso com bastante frequência e que fazem muito bem seus papéis:

Bancos de imagem

Stock.XCHNG. Eu sei que existem muitos, mas esse pra mim é o mais organizado e confiável. Basta criar um cadastrinho e se divertir a valer.

Combinadores de cor

Kuler, da Adobe, permite criar combinações de cor e compartilha paletas dos outros usuários, numa pegada meio comunidade.
Color Scheme Designer 3 dá opções de paletas monocromáticas, complementares e outras. Tem um simulador de como as pessoas com problemas visuais, como o daltonismo, veriam cada cor da combinação.

Gerador de Favicon

FavIcon from Pics tem uma interface meio estranhona, mas gera os favicons com cores de fundo ou não, animados e em diversos tamanhos.

Texturas

CG Textures, Texture King e Mayang são bem parecidas e acho que somadas resolvem 95% dos problemas de texturas que você precisar.

Criador de mapas de site

X-Mind. Para fazer o download é preciso se cadastrar, mas vale a pena. Esse programinha é bem leve e cria estruturas navegacionais em formato de diagrama que agiliza bastante na criação de sites, principalmente dos complexos.

Editor de áudio

Audacity. Já me salvou várias vezes na hora de criar podcasts e áudio slide-shows (odeio esse termo, mas se assim falam…) pois trabalha com diversos canais (“layers” de som) e você também pode ir à biblioteca de plug-ins para turbiná-lo e permitir exportar para diversos formatos.

Conversor de vídeo e áudio

Format Factory é bem fácil de usar e converte vídeo e áudio de (quase) todos os formatos para (quase) todos os formatos. Ideal tanto pra quem tá com pressa quanto para quem quer configurar cada coisa com calma.

Codecs de vídeo

K-Lite. Com ele (que ainda por cima vem com o Media Player Classic, caso você não tenha player) dá pra ver arquivos Real, MOV, DIVx, DVDs e muitos outros.

Gerador de preloader

Ajaxload. É direto on-line e permite configuração de formato, cor e background.

Editor de imagens on-line

Pixel Free. Não é um Photoshop on-line, mas pode salvar vidas na hora de tratar e cortar imagens pra sites quando não se tem nada do gênero instalado na máquina.

Web application development

Aptana. Tanto para os que desenvolvem mais pesado como os que ficam em markups e CSS, esse é um bom editor.

Plug-ins do Firefox

Firebug mostra nomes de elementos das páginas, peso de CSS, Javascript e imagens e ainda permite “editar” on-line e ver o resultado na hora. Ideal pra quem programa e quem quase não programa nada.
FireFTP permite que você faça uploads e downloads de arquivos de FTPs direto no Firefox.

E você? Quais são suas ferramentas e sites essenciais gratuitos na hora de trabalhar? Vou coletar todas e crio um próximo post, então deixa nos comentários.