Designices

Howard Thurston (1869-1936 | veja o site oficial) foi um grande mágico e há quem diga que mais famoso até que seu contemporâneo (Harry) Houdini. Na minha eterna busca de referências, encontrei e fiz uma seleção dos cartazes de suas apresentações, entre os anos de 1898 e 1935. Dá pra notar que as estruturas dos cartazes, o tipo da ilustração, quantidade de elementos e textos foram mudando conforme passavam as décadas:

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1898

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1910

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1910

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1914

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1914

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1914

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1915

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", da década de 1920

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1925

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1925

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1925

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1927

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1934

Cartaz de "Trurston - The Great Magician", de 1935

Todas as imagens são “public domain” e foram baixadas do site Library of Congress

Posts relacionados:

Cartazes da Primeira Guerra Mundial #1
15 cartazes vintage de cigarros Camel
10 cartazes de cigarro das décadas de 1920 a 1950
20 cartazes de filmes B dos anos 1930
20 cartazes de filmes B dos anos 1940
Cartazes “fique em silêncio” da Segunda Guerra Mundial

Capa do livro Lábaro Estrelado, de J. Carlos

Mesmo antes do termo design ser difundido no Brasil já havia bastante designers trabalhando nas terras tupiniquins. Inclusive profissionais incríveis, características peculiares e envolvidos socialmente. Esse é o caso de J. Carlos. Designer e ilustrador (e mais um monte de coisas!) que fez muita coisa boa, principalmente nos anos 1930, entre capas de revistas e ilustrações para várias publicações, como a revista “Fon Fon” e “O Cruzeiro”. O livro que tem no nome uma parte adaptada do Hino Nacional Brasileiro reúne 60 ilustrações de J. Carlos com a temática patriota do ilustrador, que sempre era tão forte em seus trabalhos. Além de todos esses trabalhos tem também um texto explicativo sobre o caráter nacionalista de J. Carlos e detalhes sobre alguns de seus projetos.

Algumas ilustrações presentes no livro:

Página interna com a revista O Cruzeiro, no livro Lábaro Estrelado, de J. Carlos

Página interna com a revista Fon Fon, no livro Lábaro Estrelado, de J. Carlos

Página interna com a revista Fon Fon, no livro Lábaro Estrelado, de J. Carlos

Quarta capa do livro Lábaro Estrelado, de J. Carlos

Post relacionado:

Arquivo Público do Estado de São Paulo

Com pouco texto (e infelizmente com tipografia, tamanho e largura de coluna questionáveis) e muitas imagens bacanas, os livros da série Icons, da Taschen são uma ótima opção para referências visuais temáticas muito interessantes. No caso desse são dezenas e dezenas de cartões de Dia dos Namorados, capas de revista, comerciais e muitas outras peças, todas dentro da temática do feriado de São Valentin. E tem de tudo, desde uma linguagem “Amar é” como mais puxada para Art Déco ou então do Pós-Guerra dos EUA. Isso tudo das décadas de 1920, 1930, 1940 e 1950. É uma pena que as imagens não estejam catalogadas ou legendadas, mas o conteúdo vale muito a pena.

Exemplo de interna do livro Valentines - Vintage Holiday Graphics

Exemplo de interna do livro Valentines - Vintage Holiday Graphics

Exemplo de interna do livro Valentines - Vintage Holiday Graphics

Exemplo de interna do livro Valentines - Vintage Holiday Graphics

Exemplo de interna do livro Valentines - Vintage Holiday Graphics

Exemplo de interna do livro Valentines - Vintage Holiday Graphics

Exemplo de interna do livro Valentines - Vintage Holiday Graphics

Posts relacionados

20 cartazes de filmes B dos anos 1930
Cartazes “fique em silêncio” da Segunda Guerra Mundial
10 cartazes de cigarro das décadas de 1920 à 1950

Revista "O Echo", de 1906

Revista "O Malho", de 1906

Revista "O Pharol", de 1908

Revista "A Cigarra", de 1914

Revista "O Fazendeiro", de 1920

Fiquei muito feliz quando vi essas e muitas outras imagens em tamanho grande pra ser ver na tela (eles, infelizmente, não deixam baixar…), baixar em PDF e consultar referências visuais do começo dos anos 1900.

O Governo abriu esse acervo, segundo eles com mais de 250.000 imagens. As revistas podem ser folheadas e dá pra ler tudo (ou quase tudo), além de diversos jornais da época, anuários, fotos bem legais… Tá tudo aqui: Arquivo Público do Estado de São Paulo

Pra quem gosta do design de coisas antigas, veja a tag vintage do blog. Mas você também pode dar uma espiada nos meus posts com itens estilo rétro