Exposição Beleza e saber: Plumária indígena

Folder da exposição "Beleza e saber: Plumária indígena"

Embora eu não aceite muito o comportamento do índio-com-iPhone de hoje em dia, acho muito legal a cultura indígena clássica, com todas as cores das penas e plumárias extremamente bem acabadas. Além de referências cromáticas interessantes, também dá pra estender aquelas boas e velhas discussões entre design, arte e artesanato e ver como cada artefato representa uma crença, uma etnia e uma posição social dos índios. É justamente o que tem nessa exposição organizada como acervo do Museu de Arqueologia e Etmologia Universidade de São Paulo, no Conjunto Nacional, em São Paulo (SP). No térreo tem as peças propriamente ditas e no primeiro andar, fotografias. A exposição contempla várias tribos, como os Kaapor, Kayapó, Waurá, Guarani e muitas outras. Como o acesso é fácil e a entrada gratuita, não dá pra perder. Senti até vontade de fazer algum trabalhinho baseado no que vi, quem sabe não sai um pattern, ícone ou tipografia inspirada nos pele-vermelhas…

Galeria Cultural São Paulo: Galeria Vitrine da Paulista
De 3 de outubro até 29 de novembro de 2009
Avenida Paulista, 2083 – Conjunto Nacional
Fone: 11 3321-4400

Autor: Rogério Fratin

Mestrando em Arte, Educação e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Designer com foco em mídia digital desde 2003

3 pensamentos em “Exposição Beleza e saber: Plumária indígena”

  1. Trabalhar com origens e culturas de forte linguagem como esta são inspiradoras. Me lembro da época da faculdade quando fizemos um trabalho de inter baseado nos índios Kadiweu. É uma pena que o Brasil não insentiva muito trabalhos que mostrem mais a nossa cultura, que com a importação e internacionalização das coisas acaba se diluindo, mas é empolgante ver um trabalho criativo em cima da nossa cultura e esta ser mostrada ao mundo (bateu um patriotismo em mim agora!..rs).
    Po, essa expo fica ali pertinho da minha Pós, qquer hora colo lá. Valeu pela dica! 🙂

  2. A imagem acima é de Katia Huertas, da Archidomus Arquitetura e Design, autora da programação visual da exposição Beleza e Saber – Plumária Indígena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *