Dia do designer

Não interessa se a sua tia-avó não sabe o que você faz, contanto que você, seu chefe e seus clientes saibam. Inclusive duvido que as tias-avós, irmãs e cunhados de cientistas físicos ou biomoleculares saibam (também duvido que eles e vangloriem disso). Não interessa se o padeiro virou bread-designer. Importante é você (designer) não agir como um padeiro. Se tem o micreiro que faz site ou folder por um décimo do que você cobra não tem problema. É com ele que você brigar no mercado de trabalho? Não deveria.

O cliente quer o neto dele no logo da construtora? Depois de argumentar e explicar os prejuízos você só tem dois caminhos a seguir: Ou você larga o job ou faz o melhor “neto-no-logo” que puder.

Toda vez que é Dia Nacional do Designer tudo que eu vejo e ouço são as mesmas ladainhas: Piadas com a profissão, arrogância nos comentários, presunção ou até ignorância. Nada disso. Ora, o ano todo é tão difícil que será que até no nosso dia devemos exaltar tais supostas características? Acho que não. Hoje deveria ser o dia que você relembra o último super-projeto que deu certo, a sacada que seu colega teve na hora de entregar aquele logo que parecia interminável, o retorno feliz que o cliente deu depois que apresentou o site num simpósio, o sorriso aprovador que a dona da loja fez quando viu o folder pronto, o telefonema que rendeu um job via indicação que você nem sonha quem possa ser ou simplesmente lembrar que você é feliz na sua profissão e que a valoriza a cada dia que passa.

É assim pelo menos que eu vou comemorar o 5 de novembro. Parabéns pra você que, da mesma maneira que eu, gosta de ser designer.

Autor: Rogério Fratin

Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2016, com a pesquisa Design Thinking Aplicado à Educação. Bacharel em Design Digital pela Universidade Anhembi Morumbi, 2005.

7 pensamentos em “Dia do designer”

  1. É isso aí .. por isso que hj eu vou por minha boina e comemorar por aí!!!

  2. É vício de brasileiro, falar mal de tudo que é profissão.
    Melhor nem ligar. Parabéns! 🙂

  3. Roginho, como sempre, mandando bem nas críticas!

    Está aí um Designer que eu gosto e sabe que não falo da boca pra fora. Trabalhamos juntos e me orgulho de ter contado com você na equipe! É incrível como você arrumava um jeito de deixar bom até as coisas mais sem sentido que apareciam! Além disso, PODE CRITICAR QUE O ROGINHO NÃO VAI FICAR CHORANDO! Vai discutir as críticas pra ficar bom e fazer o trampo andar. Admiro quem consegue diferenciar tantos tipos de azuis assim e ainda consegue fazer versões do mesmo trabalho, todas verdes, só para mostrar para os mais cabeçudos (como eu) que tem alternativa sim!

    Além de manjar do seu trabalho, acho você um ótimo Designer porque joga junto. Não fica de mimimi com a arte e sabe valorizar o seu trabalho. Além disso, sabe ouvir e contribui bastante nas definições quando deixam. Por isso fica fácil trabalhar com você. Mais Designers deveriam ter essa postura.

    É isso aí, Roginho, PARABÉNS pelo dia do Designer! Gosto pra caraleo do seu trabalho e aprendo bastante observando!

    Desejo todo o sucesso para você, porque te vejo batalhando por isso todos os dias e bora com o Designices pras cabeças!

    Bjo do Daninho!

  4. cara como sempre, apoiado! Afinal é disso que precisamos, dialogar e crescermos juntos a profissão. Unidos seremos muitos e fortes! Força ai, espero ver bons comentários por aqui e refletir mais sobre o assunto.. abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *