Arquivos da categoria: Ferramenta

Retrospectiva 2009: Top 5

Até faria um top 10, como fez meu grande amigo Marco Moreira, mas como o blog subiu em setembro, não teria post suficiente pra isso. De qualquer maneira, os posts que mais fizeram “barulho” no ano passado foram:

5: 20 ferramentas e sites grátis indispensáveis para designers

Fontes, imagens, otimizadores de tempo, combinadores de cores, plug-ins e salvadores-de-vida em geral.

4. 6 dicas pro webmaster não ser morto pelo designer

Sugestões amigáveis para os webmasters não cometerem “erros” na hora de codificar um layout.

3. 10 livros essenciais para designers por menos de R$50,00

Talvez os preços tenham sido alterados, mas a lista ainda é boa!

2. 10 dicas para um webmaster não querer te matar

Recomendações para os designers facilitarem o trabalho dos ‘codeiros’.

1. Como os micreiros prejudicam os designers

Em apenas uma semana ele teve mais acesso que os posts “normais” em dois ou três meses. E o mais legal foi que rendeu diversos comentários.

O que é lorem ipsum? (Para o seu cliente)

Qual designer nunca teve uma história engraçada de seus clientes versus lorem ipsum? Pois é, são muitas mesmo. Depois de me deparar com isso algumas dezenas de vezes, percebi que não era somente engraçado, poderia também ser um problema. Afinal de contas o nosso cliente que é formado em marketing por exemplo, não tem obrigação de saber. Seria como se nos cobrassem por não saber o que é revenue share, SWOT ou ciclo deming (aliás, o que são essas coisas?). Então, da próxima vez que você sofrer com o lorem ipsum, envie esse post pro seu cliente. Um próximo designer dele, decerto, não vai sofrer.

Por que usar Lorem ipsum?

Como é muito difícil no começo do projeto ter todos os textos, nós designers precisamos de algo pra usar na composição dos layouts. Não podemos usar qualquer texto porque sempre alguém vai falar que tem um erro aqui ou acolá, que a empresa não é do jeito do texto, efim, pode-se perder o foco no layout e pensar no texto ainda não finalizado que lá está contido. E faz todo sentido. Além disso, usar os famosos “nonono” como nas antigas cédulas de voto também não é boa ideia pois a mancha gráfica criada por essas sílabas não mostra um texto de maneira natural. Os “nononos” não têm variação de formato das letras e nem extensões cima nem para baixo no texto, já que “n” e “o” nem descem a linha e nem sobem, como o “p” e o “t” respectivamente. Os textos ficam com aparência falsa, como blocos retangulares, sem movimento. Veja um exemplo de texto feito com “nononos”:

Texto falso com "nononos"

Já com o Lorem ipsum, que a grosso modo é um texto “sem significado*” e que pode ser gerado atualmente por ferramentas on-line como o Lipsum, o foco deixa de ser o que está escrito e passa a ser no visual da página, folder, site etc. Pelo menos assim que deveria. Os textos lá gerados tem variação das letras e do tamanho das palavras. Dessa forma as “massas de texto” ficam bem mais realistas nos layouts, muito mais próximas do que serão com os textos corretos. Veja um exemplo de texto com Lorem Ipsum:

Texto feito com Lorem ipsum
Para saber mais:
Lipsum.org: Gerador de Lorem ipsum on-line e explicação histórica em português.
Embora o Lorem ipsum tenha um significado (vide o link acima), para efeitos gerais do layout ele não tem, já que é apenas um texto para marcação de espaço.

Ferramentas e sites indispensáveis (e grátis!) para designers

Aí vai uma lista com algumas das ferramentas e sites que eu uso com bastante frequência e que fazem muito bem seus papéis:

Bancos de imagem

Stock.XCHNG. Eu sei que existem muitos, mas esse pra mim é o mais organizado e confiável. Basta criar um cadastrinho e se divertir a valer.

Combinadores de cor

Kuler, da Adobe, permite criar combinações de cor e compartilha paletas dos outros usuários, numa pegada meio comunidade.
Color Scheme Designer 3 dá opções de paletas monocromáticas, complementares e outras. Tem um simulador de como as pessoas com problemas visuais, como o daltonismo, veriam cada cor da combinação.

Gerador de Favicon

FavIcon from Pics tem uma interface meio estranhona, mas gera os favicons com cores de fundo ou não, animados e em diversos tamanhos.

Texturas

CG Textures, Texture King e Mayang são bem parecidas e acho que somadas resolvem 95% dos problemas de texturas que você precisar.

Criador de mapas de site

X-Mind. Para fazer o download é preciso se cadastrar, mas vale a pena. Esse programinha é bem leve e cria estruturas navegacionais em formato de diagrama que agiliza bastante na criação de sites, principalmente dos complexos.

Editor de áudio

Audacity. Já me salvou várias vezes na hora de criar podcasts e áudio slide-shows (odeio esse termo, mas se assim falam…) pois trabalha com diversos canais (“layers” de som) e você também pode ir à biblioteca de plug-ins para turbiná-lo e permitir exportar para diversos formatos.

Conversor de vídeo e áudio

Format Factory é bem fácil de usar e converte vídeo e áudio de (quase) todos os formatos para (quase) todos os formatos. Ideal tanto pra quem tá com pressa quanto para quem quer configurar cada coisa com calma.

Codecs de vídeo

K-Lite. Com ele (que ainda por cima vem com o Media Player Classic, caso você não tenha player) dá pra ver arquivos Real, MOV, DIVx, DVDs e muitos outros.

Gerador de preloader

Ajaxload. É direto on-line e permite configuração de formato, cor e background.

Editor de imagens on-line

Pixel Free. Não é um Photoshop on-line, mas pode salvar vidas na hora de tratar e cortar imagens pra sites quando não se tem nada do gênero instalado na máquina.

Web application development

Aptana. Tanto para os que desenvolvem mais pesado como os que ficam em markups e CSS, esse é um bom editor.

Plug-ins do Firefox

Firebug mostra nomes de elementos das páginas, peso de CSS, Javascript e imagens e ainda permite “editar” on-line e ver o resultado na hora. Ideal pra quem programa e quem quase não programa nada.
FireFTP permite que você faça uploads e downloads de arquivos de FTPs direto no Firefox.

E você? Quais são suas ferramentas e sites essenciais gratuitos na hora de trabalhar? Vou coletar todas e crio um próximo post, então deixa nos comentários.