Cartazes do Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

Cartaz - Construtivismo Russo

A primeira exposição que fui enquanto estudante de design, em 2002, foi sobre o Construtivismo Russo. Era uma exposição de cartazes (e tinham muitos deles!) no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo. Uma pena que eu tinha tido duas aulas na faculdade naquele momento, não tinha ideia do que representava o Construtivismo e nem aqueles cartazes. Eles já me agradavam bastante, mas era muito mais estético que conceitual. Vi as obras construtivistas uma, duas, vinte vezes.

Interessante: Esse último cartaz foi usado na capa de um importante livro sobre design. Qual seria esse livro? Alguém se habilita nos comentários?

Esses cartazes vieram de um aplicativo pra iPhone/iPad chamado Soviet Posters. Além desses de Construtivismo tem de cultura, militar, policial, esportes, trabalho e muitos outros, tudo no mesmo lugar. As imagens baixadas de lá vem em alta ;)

7 comentários sobre “Cartazes do Construtivismo Russo

  1. Sobre este último cartaz foi utilizado na capa do livro: Design Gráfico: Uma História Concisa – Richard Hollis, uma visão geral do design gráfico.

  2. maneiro. eu fui nessa exposição, tenho até o catálogo. é um design muito marcante. início da composição com fotografia. muito foda.
    não lembrava o nome do livro, só lembrava que era um desses da Martins Fontes rsrs. abs, t.

  3. Boa, Lindomar, Célia, Thiago e Gustavo!
    É o “Design Gráfico: Uma História Concisa – Richard Hollis”, mesmo!
    E quanto ao clipe do Franz Ferdinand, a imagem do cartaz que tem a mulher gritando provavelmente foi usada como “inspiração” pra criar a capa do CD “You Could Have It So Much Better”. Dëem uma buscada =)
    Obrigado pelos comentários
    [ ]s!

  4. O livro é o; Design Gráfico: uma história concisa, de Richard Hollis.

  5. A mulher gritando no cartaz “knigii” (livros) é Lilia Brik, casada com Ossip Brik e por quem Maiakovski foi enamorado durante a maior parte de sua curta vida. Era um dos modelos favoritos de Alexander Rodtchenko, autor do cartaz. O cartaz “com o vértice vermelho bata os brancos” (tradução proposta por Augusto de Campos) também está presente na segunda edição do Poesia Russa Moderna (edição da Brasiliense, fora de catálogo). Atualmente o livro sai pela Perspectiva. Os autores são os irmãos Campos (Augusto e Haroldo) e Boris Schnaiderman. A capa atual tem um poema zaum de Alexei Krutchenikh

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>